Seguidores

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

ROTARY: Apoio a Clubes e Distritos

Caro Dirigente de Clube,
Saudações do Rotary Internacional.
Gostaríamos de partilhar consigo 6 curtas apresentações, de vídeos de formação online. Foram criadas pelo Departamento de Apoio a Clubes & Distritos (CDS) do Escritório da Rotary Internacional para a Europa/África, em Zurique, Suíça.
Nestes vídeos, damos respostas a muitas da questões típicas que temos recebido dos clubes Rotary ao longo dos anos, assim como informações práticas e genéricas para dirigentes de clubes.
Os 6 vídeos cobrem os seguintes assuntos:
Vídeo 1 Página de Internet e Registo: Visão geral da nova página de internet do Rotary.
Vídeo 2 Administração de Clubes no Meu Rotary: Ferramentas online importantes para Dirigentes de clube.
Vídeo 3 Funcionários do Rotary ao seu Dispor: Pessoal de apoio do escritório do Rotary Internacional para a Europa/África em Zurique, Suíça.
Vídeo 4 - Rotary Club Central: Ferramenta online do Rotary para estabelecer objetivos para Clubes e Distritos.
Vídeo 5 – A nossa nova Imagem: Informações sobre os novos logotipos e nova imagem do Rotary.
Vídeo 6 – Quotas Semestrais: Informações sobre o pagamento de quotas associativas e a importante mudança no sistema de pagamento que virá durante o ano rotário 2014-15.
Desejamos-lhe o melhor para um ano cheio de sucesso como dirigente do Rotary Club!
Com os melhores cumprimentos,
A sua equipa de Apoio a Clubes & Distritos do Rotary.
Escritório do RI Europa / África
Witikonerstrasse 15
8032 Zurich - Switzerland










sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Mais um “Verão e Prevenção” neste fim-de-semana

O Rotaract da Póvoa de Varzim volta a organizar “Verão e Prevenção”, uma campanha de rastreio, sensibilização e informação, na área da saúde, que se realiza há mais de 10 anos.
De 8 a 10 de Agosto, e apesar da chuva que se faz sentir, o Rotaract tem instalada uma estrutura de apoio na Praia da Lagoa, funcionando em dois períodos em cada dia, entre as 10h00  e as 12h30 e das 14h30 às 18h30. Numa tenda de campanha, cedida pelo exército, serão feitos rastreios de hipertensão arterial, dislipidemias (colesterol, glicemia), de fatores de risco cardiovascular, prevenção de cancro cutâneo e aconselhamento e diagnóstico do HIV, com a realização de testes gratuitos.
Entre os serviços disponíveis neste “Verão e Prevenção” encontram-se a campanha de prevenção contra o cancro de pele, aconselhamento e diagnóstico do vírus HIV; informação sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e distribuição de preservativos; sensibilização para diversos carcinomas, através da prestação de informação e consultas gratuitas de nutrição.
Sábado, das 10:00H até às 12:30H - Simulacro de Busca e Salvamento dos Bombeiros da Póvoa de Varzim! 

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Raquel Camarinha: “Prémio Santos Graça” e “Profissional do Ano” do RCPV

Concerto único de talentos poveiros enche Garrett e enriquece Festival de Música
O Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim acolheu, no passado domingo à noite, um espetáculo único. Em palco estiveram Raul da Costa e Raquel Camarinha, 2 poveiros que, após terem feito formação na Escola de Música, rumaram ao estrangeiro. O recital contou com lotação esgotada.
O desafio para este espetáculo foi lançado aos músicos por João Marques, diretor do Festival e Luís Diamantino, vereador da Cultura da autarquia poveira, que no final apontou este como “um espetáculo único”. O autarca considerou que “esta foi a melhor forma de estrear o piano novo, e ter aqui a Raquel e o Raul, de quem sou amigo também e os vi atuar na Escola de Música”, acrescentando que sempre acreditou nos seus talentos: “já então dizia que tínhamos 2 artistas que iam correr o mundo e não me enganei”. Para Luís Diamantino, estes jovens devem orgulhar todos os poveiros e servir de referência para os jovens músicos.

domingo, 29 de junho de 2014

Ainda o cinquentenário... dourado pela CMPV

A Póvoa de Varzim celebrou no dia 16 de junho, o 41º aniversário da elevação a cidade. O Município assinalou a data com uma cerimónia comemorativa de entrega de Medalhas de Reconhecimento Poveiro, no Cine-Teatro Garrett.
Aparício Quintas, Instituto Madre Matilde e Rotary Club da Póvoa de Varzim foram distinguidos por Aires Pereira, Presidente da Câmara Municipal. Por estar ausente do país, em importante compromisso profissional, a distinção Rui Costa irá ocorrer noutra altura.
Convicto de que “a celebração do Dia da Cidade é, sobretudo, a festa da cidadania”, Aires Pereira lembrou que “este é o primeiro “Dia da Cidade” a que presido, quero afirmar que, no modelo de “sociedade cidadã” que preconizo, o cumprimento dos compromissos políticos é ponto de honra: o prometido é, efetivamente, devido.
“O que prometemos aos Poveiros, designadamente em matéria social e fiscal, será cumprido. Uma comunidade socialmente coesa e uma fiscalidade amiga das famílias e das empresas são fatores estruturantes da competitividade”.
O Presidente reconheceu que “temos, na nossa comunidade, cidadãos e entidades que tanto a prestigiam e enobrecem como são os nossos conterrâneos Rui Costa, ou o Sr. Aparício Quintas ou o Rotary Clube da Póvoa de Varzim ou o Instituto Madre Matilde. É esta diversidade de contributos, de pessoas singulares e coletivas, que atesta a riqueza da nossa sociedade civil”.
Aires Pereira anunciou que “o reconhecimento da Póvoa de Varzim a Rui Costa fica adiado para um evento a realizar perto do final do ano. A sua ausência hoje é justificada pelo importante compromisso profissional que o retém além-fronteiras. Ao Rui Costa, o ciclista natural de Aguçadoura que é figura maior do desporto português, quero, já hoje, agradecer o facto de sempre se apresentar como um orgulhoso poveiro – ele que é, pela sua postura de lutador e pela sua paixão pela bicicleta, um dos principais embaixadores que a Póvoa de Varzim tem nos grandes e mediáticos palcos do desporto internacional”.
Ao outro homenageado, Aparício Quintas, o autarca disse: “quero agradecer não só a dedicação persistente à obra social notável que é o MAPADI, mas também a forma humilde e discreta que assinalou, ao longo de quase quatro décadas, essa ligação. O Sr. Aparício Quintas, sendo, de facto, “o homem do MAPADI”, é efetivamente um cidadão com uma consciência social muito profunda – alguém que tendo ultrapassado, por meios próprios, um problema da sua própria família, decide envolver-se na busca de soluções para os problemas dos outros, fazendo isso com uma determinação e uma persistência que desarmaram obstáculos de toda a natureza. A obra vasta e grandiosa que o MAPADI ergueu, na cidade e em Terroso, é fruto da cooperação de muitos, mas é sobretudo consequência do caracter visionário e inovador e da fibra empreendedora de Aparício Quintas”. E se “as instituições (como as comunidades, em geral) são o espelho de quem as cria e dirige”, Aparício Quintas é “grande sobretudo na discrição com que se deu à causa dos outros. Além da obra, devemos-lhe este exemplo”.
Emocionado, o homenageado Aparício Quintas revelou que “encaro esta homenagem com simpatria e alegria. Considero que valeu a pena o sacrifício, o amor ao próximo, pois temos umas instalações para deficientes de último grito. Esta obra foi um êxito e um milagre de Deus.
Como poveiro, sempre trabalhei até aos 80 anos e fico satisfeito por saber que ajudei a concretizar o que o meu pai sonhou”.
Sobre o Rotary Club, Aires Pereira realçou a sua missão: “Dando de si, antes de pensar em si”, os Poveiros que, desde há 50 anos, servem, em campos muito diversos, a promoção social e cultural dos seus conterrâneos, ergueram, há 7 anos, um projeto da maior relevância que é hoje um grande contributo da sociedade civil para o desenvolvimento cultural e para ocupação do tempo livre de uma faixa crescentemente significativa da nossa população sénior: uma Universidade, cujo corpo docente é todo voluntário e cujos custos de funcionamento são assumidos pelos alunos. Melhor exemplo de cidadania cultural seria difícil”.
Enquanto Presidente do Rotary Club e como membro fundador, José de Azevedo transmitiu que “o mais alto galardão atribuído pela autarquia foi, para além de uma grata surpresa, a prenda maior do nosso cinquentenário. É o reconhecimento do nosso trabalho em prol da cidade em 50 anos de vida. Ainda bem que o executivo desta autarquia esteve atento”.
Do Instituto Madre Matilde, o Presidente do Município destacou que “há 58 anos se dedica ao acolhimento e à educação de crianças e jovens do sexo feminino, dos 3 aos 18 anos, vítimas de maus tratos, ou abandono, ou que se encontram em situação de risco. O Instituto Madre Matilde não esperou pela modernidade mediática para se dedicar a esta causa. No meio da imensa infelicidade que são algumas tragédias familiares dos nossos dias, conforte-nos a esperança de que, graças à dedicação ilimitada de quem fez da felicidade alheia a grande razão de ser da sua vida, há sorrisos que se abrem, há futuros que se constroem, há vidas que renascem”, constatou.
Maria de las Nieves, Reverenda Madre da Congregação “Filhas de Maria, Mãe da Igreja”, recebeu a distinção atribuída ao Instituto Madre Matilde e revelou que “desde o primeiro momento que as Irmãs nos informaram que resolvemos acompanhá-las e é com muita satisfação que aqui estamos, dado tratar-se do reconhecimento dos objetivos pelos quais trabalhamos há 58 anos. Não nos estão a homenagear senão pela nossa entrega às crianças necessitadas, que foi o fim sempre almejado pela nossa Madre fundadora da congregação.
O nosso trabalho diário está centralizado sempre nas crianças e a recompensa está nos sorrisos das nossas meninas. Nada mais, os seus sorrisos e a sua confiança em nós já nos basta para preencher os nossos corações”.
Para Afonso Pinhão Ferreira, Presidente da Assembleia Municipal, “o Dia da Cidade deve ser um dia destacado pelo Município e cabe-nos torná-lo marcante ajudando a consolidar uma consciência social na comunidade poveira. Essa consciência poveira passa, em primeiro lugar, por compreender que a cidade é construída no dia-a-dia por todos e por cada um dos cidadãos e que essa construção deve assentar numa comunidade de afetos. Uma comunidade de afetos onde se privilegie a concórdia como forma de viver, pois só assim se poderá assegurar a necessária coesão municipal, indispensável à defesa dos interesses do Município e dos munícipes”

Veja as imagens desta cerimónia do 41º aniversário da Póvoa de Varzim.

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Pela imprensa: MAIS/Semanário

Pelo 20.º ano, o município da Póvoa de Varzim atribuiu, esta
segunda-feira, o Dia da Cidade, distinções a instituições e personalidades do concelho. O Cine-teatro Garrett foi palco da cerimónia das condecorações.
Desde 1973 que a Póvoa de Varzim subiu à categoria de cidade e nos últimos 20 anos tem distinguido personalidades, associações, instituições. Este ano os condecorados foram o Rotary Club da Póvoa, o Instituto Madre Matilde, Aparício Quintas e Rui Costa, que não pôde estar presente na sessão por motivos profissionais e será condecorado numa Gala de Desporto a realizar ainda este ano.

Rotary Club e Instituto Madre Matilde receberam o grau Ouro, enquanto Aparício Quintas recebeu o grau Prata.

Aparício Quintas agradeceu emocionado o reconhecimento pela obra que conduziu à frente do MAPADI, revelando: “a obra está feita, foi um sonho que se transformou em realidade. Não foi fácil e ainda não está terminado mas a nova direção vai acabar”, enquanto José Azevedo, fundador e presidente do Rotary Club lembrou que o movimento chegou à Póvoa de Varzim em 1964, com 29 membros, numa época sem liberdade de expressão. Porém no Rotary não havia esse problema, era o oásis da época, os membros podiam expressar-se livremente”.
Pelo Instituto Madre Matilde, Maria de las Nieves, madre geral das Filhas de Maria Mãe da Igreja, agradeceu o reconhecimento “pelo trabalho nestes 58 anos”. “Esta distinção motiva-nos e estimula para continuar o trabalho com as meninas”.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

"Reconhecimento com reconhecimento se paga"

O Rotary Club da Póvoa de Varzim tem vindo a assinalar o 50.º aniversário, sendo que, no último sábado, 31 de maio, realizou o jantar formal em que reuniu rotários e convidados.
No encontro, que se realizou no Axis Vermar, o início foi marcado pela palestra pelo Prof. Freitas do Amaral sobre a reforma do Estado. Este convidado especial, nascido na Póvoa de Varzim, acompanhou também as celebrações festivas durante o jantar de aniversário.
O encontro foi aproveitado pela Direção do Rotary Club da Póvoa de Varzim, presidida por José de Azevedo, para prestar o reconhecimento a personalidades e entidades que colaboraram com a instituição na organização do programa comemorativo do cinquentenário.
Uma das entidades agraciadas com o Diploma e a Medalha Comemorativa dos rotários foi a Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. O Presidente Aires Pereira recebeu estes símbolos do Rotary poveiro, demonstrando satisfação por testemunhar a longevidade de uma instituição, cuja ação tem vindo a refletir-se em vários serviços à comunidade.
Durante o jantar, o Rotary procedeu ainda à entrega de uma nova distinção – Prémio “Dr. Josué Trocado”. Este novo prémio destina-se a distinguir o melhor aluno da Escola de Música da Póvoa de Varzim, o que acontece pela primeira vez na história do Rotary Club, como explicou José de Azevedo, “temos distinguido os melhores alunos do ensino secundário e chegou a altura de nos lembrarmos também dos alunos de música, por isso, designamos o prémio com o nome do Dr. Josué Trocado, um grande musicólogo poveiro e um brilhante diplomata”. A aluna distinguida foi Vanessa Teixeira.
No dia 1 de junho, domingo, a Universidade Sénior do Rotary Club da Póvoa de Varzim levou a efeito o I Encontro de Coros de Universidades Sénior de Rotary, no Auditório Municipal.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Meio século de pessoas a servir a comunidade

Na passada sexta-feira, foi inaugurada, no Posto de Turismo, uma Exposição Fotográfica sobre os 50 anos do Rotary Club da Póvoa de Varzim. A mostra estará patente até ao dia 7 de junho.
A sessão contou com a presença de Aires Pereira, Presidente da Câmara Municipal, José de Azevedo, Presidente do Rotary Club da Póvoa de Varzim, e Lucinda Delgado, Vereadora do Desenvolvimento Local.
Aires Pereira reconheceu que, na Póvoa de Varzim, e ao longo destes 50 anos, a ação do Rotary tem vindo a refletir-se em vários serviços à comunidade.
Neste sentido, propôs distinguir o Clube com a atribuição da medalha de Reconhecimento Poveiro, grau ouro, no Dia da Cidade, a 16 de junho.
"Fundado em 25 de Maio de 1964, o Rotary Clube da Póvoa foi a 26ª organização congénere a ser criada no país. Clube de livre pensamento, aberto a profissionais de todos os quadrantes políticos e religiosos, onde a tolerância e a pluralidade são as únicas bases doutrinárias, o Rotary é, por natureza, espaço para o colóquio e para o debate, orientados para o serviço à comunidade.
Anualmente marca a sua presença na comunidade poveira através da distinção do mérito de estudantes (Prémio “Santos Graça”, atribuído ao melhor aluno do 12.º ano das escolas do concelho), da concessão de bolsas de estudo, bem como da homenagem a profissionais e empresas de excelência (“Profissional do Ano”).
O mais recente serviço à comunidade da Póvoa de Varzim – e, com certeza, o mais relevante – é a Universidade Sénior, criada e mantida em funcionamento desde 2006 e, neste “ano letivo”, frequentada por mais de 170 alunos, apoiados por 17 professores, todos voluntários.
Dois sócios do Clube, o Eng. Carlos Sousa Baptista e o Dr. Manuel João Madureira Pires, exerceram o cargo de Governadores do Distrito".
José de Azevedo, Presidente do Rotary Club da Póvoa de Varzim, revelou o programa comemorativo dos 50 anos do Clube.
"Começamos com uma mostra fotográfica que vai até 1990 para mostrar como começou e o que fizemos. No domingo, vai haver uma mostra da apresentação dos selos, postais e envelopes feitos para o cinquentenário. Seguem-se outras manifestações e eventos, como a palestra com Diogo Freitas do Amaral, o jantar comemorativo e a plantação da árvore da amizade, na Praça do Almada", anunciou José de Azevedo.
O Presidente do Rotary adiantou ainda que o ponto alto das comemorações será no dia 31 de maio, no Centro de Congressos do Axis Vermar, com a palestra do Professor Freitas do Amaral. Irão também prestar homenagem ao Doutor Josué Trocado, "musicólogo notável  que a Póvoa teve e está esquecido", através da interpretação de algumas das suas obras, pelo Orfeão da Universidade Sénior.
José de Azevedo disse que pela primeira vez, o Rotary vai atribuir um prémio especial ao melhor aluno da Escola de Música, no âmbito da distinção do mérito de estudantes.
Quanto ao futuro do Rotary, o Presidente referiu que passa por "continuar a fazer cada vez mais serviços em prol da comunidade, como por exemplo, lembrar figuras que se destacam durante o ano e que passam despercebidos pela Póvoa"
José de Azevedo esclareceu ainda que ele e António Maria Gomes são únicos ainda vivos do grupo fundador do Rotary Club da Póvoa de Varzim e que teve "a felicidade de ser 3 vezes Presidente e maior felicidade tive de ser no ano do cinquentenário o Presidente".

sexta-feira, 23 de maio de 2014