Seguidores

sábado, 26 de setembro de 2009

Violência no namoro (clique para assistir ao vídeo)


Na reunião de 29 de Setembro, pela voz da Companheira e Presidente do Rotaract Club da Póvoa de Varzim, Liliana Pontes, vamos falar da “Violência no Namoro”, dentro da agenda de Rotary Internacional, no mês das Novas Gerações.
Quem gosta de se preparar antes, pode ler as notícias abaixo e assistir ao vídeo em cima.

Engane-se quem pensa que a violência nas relações íntimas é coisa de casamento, com o homem a subjugar a mulher. As novas gerações provam o contrário e começam a agredir-se mutuamente já na adolescência. Chegam ao ponto de insultar, ameaçar e até esbofetear, o que constitui um alerta de risco para a violência marital. O problema está a ser alvo de estudo a nível nacional e, inclusive, uma psicóloga quer implementar um programa de prevenção nas escolas do País para diminuir estes comportamentos.

Rapazes chegam a dar sovas, murros e pontapés. Mas raparigas também agridem. Muitos consideram que relações forçadas entre namorados não são violação

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Recebi do Compº PGD Francisco Zamith, a propósito do post abaixo

Meu caro Companheiro e Amigo: Gostei de ler o artigo, mas há algo que não está bem. Não sei se sabe que mantenho desde 1970, grandes ligações com a Covilhã, quer profissionais, quer com o seu RC, já que foi por um desafio público que fiz numa Conferência, que se concretizou a primeira geminação entre dois RC’s de Portugal (naquele tempo só havia com França) e se tal foi possível, deve-se ao facto do Presidente do RC Covilhã, meu querido e saudoso amigo JOSE DA CRUZ PINTO DE SOUSA, ter aceite o desafio. Vai fazer 40 anos que tal intercâmbio se mantêm regularmente. Digo isto para poder justificar as minhas dúvidas quanto à notícia, pois pelos meus apontamentos o RC Covilhã foi de facto admitido em RI, em 31.01.1966, mas já existia desde1965, e a “inauguração” como diz a notícia, nem foi nessa data, nem foi SO COM HOMENS pois tanto quanto sei, sempre foi com Senhoras. Deve portanto ter sido mais uma reunião normal Por outro lado não podemos esquecer que o Director do Jornal, era o nosso companheiro e meu querido amigo ANTONIO PAULOURO e todos sabemos, que não era “persona grata” para os Governantes de então. Por tudo isto, não posso deixar de estranhar o conteúdo de tal notícia, até porque o Paulouro fartou-se de escrever coisas bem piores, tendo sido incomodado mais do que uma vez pela Policia. Seja como for é interessante verificar, que hoje em dia, não em relação a Rotary mas a outras situações, a Imprensa começa a ser novamente estrangulada e muitos escrevem o que não devem e outros o que não querem. Era bom pensar nisto com o espírito aberto, como eu faço, pois não me coíbo de escrever a um Secretário de Estado só porque a Bandeira Nacional está mal colocada no seu Gabinete. Nem a um candidato a Presidente, Mário Soares, pedindo-lhe para desistir, pois corria o risco de apanhar um banho. Só me enganei em quem lhe deu o banho. Mas como o conheço, ainda que não tenha relações estreitas com ele, achei que lhe devia dizer o que pensava. Por hoje é tudo. Quando começo a escrever nunca mais paro.
Um abraço do companheiro e amigo
Francisco Zamith

Registo de um almoço de subversivos

Do arquivo do Compº Filomeno Terroso
Uma imagem interessante do que era a censura encontra-se no “Jornal do Fundão”, de 07-02-1997, sob o título “Registo de um almoço de Subversivos”.
Foi um velho amigo do Jornal que lhe enviou uma cópia, porventura autêntica, do relatório feito por um elemento da PSP que, juntamente com outros foi no dia 31 de Janeiro de 1966 fiscalizar a sessão inaugural do R.C. da Covilhã.
Verdadeiro ou não trata-se do relato de uma época e de um lugar a ilustrar sobretudo, o desrespeito total pela liberdade dos cidadãos, sujeitos a uma devassa constante da sua vida privada.
Eis o texto do “Registo”:


quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Do que vou tomando conhecimento

O Compª Serafim Afonso acaba de publicar o livro "NOBREZA DE GENTE HUMILDE", em que presta uma homenagem e reconhecimento à sua terra (Bruçó-Mogadouro) e às suas gentes.
O produto da venda do livro reverte a favor da Casa do Gaiato.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Inscrições na Universidade Sénior da Póvoa de Varzim

O Rotary Club da Póvoa de Varzim, vem anunciar que as inscrições para a frequência da sua Universidade Sénior, para o ano lectivo 2009/2010, se encontram abertas, na sua sede, na Rua da Lapa, n.º 23.

Para contacto telefónico, Sr. José Carlos, tm: 965545721

Disciplinas disponíveis:

Alemão;

Inglês – Iniciação;

Inglês – Conversação;

Literatura;

História;

História Local;

Informática – Iniciação;

Informática – Internet;

Direito;

Fotografia;

Música;

Cuidados de Saúde;

Ginástica de Manutenção;

Hidroginástica;

Psicologia e

Danças de Salão.

As disciplinas propostas só funcionarão dependendo do número de alunos/as inscritos/as.

domingo, 6 de setembro de 2009

Reconhecimento e confraternização com alguns Professores voluntários e colaborantes

Numa primeira reunião com os Professores que durante o ano lectivo transacto deram o seu tempo ao nosso projecto (a Universidade Sénior), ao nosso tempo e à noss comunidade, agradeceu-se, planificou-se e confraternizou-se, no dia 5 de Setembro e que se regista.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Reunião conjunta dos R. C. da Póvoa de Varzim e Vila do Conde - 1/09/09

video

Vídeo do Jantar conjunto do R. C. da Póvoa de Varzim e do R. C. de Vila do Conde, no NOVOTEL da Póvoa de Varzim, no dia 1 de Setembro de 2009, sendo Presidentes, respectivamente os Companheiros Miguel Loureiro e Marta Miranda.

Fotos do Companheiro Filipe Santos
Música: "Esperança" cantada por Pedro Barroso

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

A ETAR em 3D
A ETAR em construção

A ETAR do Ave será uma realidade em 2010

Eng. Paulo Queirós

No dia 1 de Setembro, na reunião conjunta dos Roratry Clubs da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, na palestra proferida pelo Eng. Paulo Queirós, Administrador-Delegado das “Águas do Ave, SA”, que contou com a presença do Presidente da Câmara da Póvoa de Varzim, Dr. Macedo Vieira, o representante da Câmara de Vila do Conde e Vereador do Ambiente, Professor Doutor Vítor Costa e o Governador Civil de Braga, José Ferreira Lopes, foi a garantido que a ETAR do Ave, situada em Tougues, Vila do Conde, estará pronta em Junho de 2010, conforme o previsto.

Registou-se ainda que esta ETAR passou por dificuldades para a sua concretização, mas a população vai ser melhor servida com este equipamento de maior dimensão e mais sofisticado do que tinha sido inicialmente previsto para a região, sendo uma das melhores ETAR’s do norte de país e uma solução arrojada e altamente qualificada, pois é uma estação de tratamento de águas residuais da terceira geração.

O Eng. Paulo Queirós esclareceu que o calendário definido tem sido cumprido “ao pormenor”, sendo que no início de 2008 realizou-se a avaliação do impacto ambiental, seguiu-se a adjudicação da obra, que teve início em finais de 2008, não há qualquer atraso, havendo mesmo um nível de execução de 90% no que diz respeito a trabalhos de terrenos, ultrapassando os 35% na construção civil e cerca de 16% em equipamentos, o que permite afirmar que em Junho de 2010 estamos em condições de começar a operar.

Paralelamente, está-se a dar início à construção de interceptores, sendo 54 quilómetros e um processo de engenharia muito complicado, porque tanto a Póvoa de Varzim como Vila do Conde fizeram o seu sistema drenando para o porto da Póvoa e agora é preciso inverter todo este processo. Assim, irá ser construída uma grande estação reservatória, na área do porto de pesca, junto ao molho Sul, para trazer para aqui todos os afluentes da região, prevendo-se que em Junho de 2010 estará concluída a construção destes interceptores.

A infra-estrutura está integrada num plano de investimento alargado. Assim, e em apenas três anos, o Sistema Multimunicipal, para além da já anunciada ETAR do Ave, construirá mais de 74 km de interceptores e condutas elevatórias e 16 novas estações elevatórias, cujo valor a investir nos dois municípios rondará os 40 milhões de euros, garantindo assim o tratamento adequado dos efluentes domésticos e industriais, que correspondem a cerca de 258 mil habitantes-equivalentes na época alta e 184 mil na época baixa.

Reafirma-se assim a importância do trabalho da Águas do Ave e dos Municípios, para a qualidade de vida das populações e para a protecção dos recursos hídricos desta vasta área territorial, já que permitirá que os efluentes a ser lançados no rio Ave não só o despoluam, como corrijam o seu caudal.

As infra-estruturas do sistema

No município de Póvoa de Varzim, temos os seguintes dados fundamentais:

População servida: 116.000 Habitantes-equivalentes (aprox.)

Caudal tratado: Caudal médio anual – 4.370.000 m3/ano

Infra-estruturas: 2 ETARs

8 Estações Elevatórias

31,7 km de Interceptores e condutas elevatórias

Investimento total: 11,6 milhões de euros


No município de Vila do Conde, temos os seguintes dados fundamentais:

População servida: 107.000 Habitantes-equivalentes (aprox.)

Caudal tratado: Caudal médio anual – 4.220.000 m3/ano

Infra-estruturas: 1 ETAR

11 Estações Elevatórias

80 km de Interceptores e condutas elevatórias

Investimento total: 18,2 milhões de euros